Lançamento da revista Contra Legem nº 6

Posted on 16/02/2016

0


Em meio a ataques e privatização da força de trabalho no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que se combina ao crescimento vertiginoso da Justiça Privada (Tribunais Arbitrais), o discurso fascista de criminalização da pobreza e das chamadas classes perigosas ganha cada vez mais peso na nossa sociedade.

Dentro desse contexto, a “guerra às drogas” é o mote para que justifique, entre outras, a redução da maioridade penal, em debate no Congresso Federal. Nesse sentido, o Judiciário assumiria cada vez mais o papel de verdugo, nesse Estado de Exceção criado.

Abordando esse e outros temas, a colega Glória Vargas (assistente social aposentada do TJ e ex-presidente do Sindicato dos Bancários do Rio) estará expondo o seu artigo, que faz parte da Revista Contra Legem nº 6, criada pelo Centro de Estudos Socialistas dos Trabalhadores do Judiciário (CESTRAJU), que há uma década estuda o processo de privatização no TJ-RJ, reflexos e suas consequências numa sociedade que caminha para a barbárie.
O presente número da revista traz ainda artigos de militantes de grupos como: Organização Popular  (OP) e Movimento de Oposição Serventuária.
Compareça!
QUANDO: QUINTA-FEIRA 18/02/16 às 18h30min
ONDE: sede do Sindjustiça (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário-RJ)– Travessa do Paço, 23, 13º andar, Centro, Rio de Janeiro, RJ (prédio quase em frente aos restaurantes Pilograma e Xodó do Paço).
Anúncios