Carnaval-revolução: Bloco da Ceguinha contra o Pezão

Posted on 27/01/2016

0


Este será o 4º ano que o Bloco da Ceguinha irá pra rua totalmente independente, sem qualquer incentivo do Sind-justiça (cuja direção atual é partidária da conciliação de classes). O evento é puxado por trabalhadoras e trabalhadores do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, sem patrocínio de patrões, empresas, partidos políticos ou entidades governamentais. Toda a classe trabalhadora está convidada a aparecer, seja donde for. A gente vai se reunir em frente ao Boteco do Beco (Travessa do Paço, 10 – esquina com a rua São José, ali pela altura da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, no centro da cidade do Rio). Será na quarta-feira 03/02/16 às 18h, logo após o ato do funcionalismo estadual contra o canalhocrata Pezão (ditador do poder executivo estadual), ato esse que ocorrerá a partir das 15h na escadaria da ALERJ.

A letra da música que animará o bloco esse ano é de Manoel, o Audaz. Vai a letra do poeta, refugiado em São Gonça, e “pirado na questão”. A camisa com a tradicional charge custará R$ 20,00 e é para pagar os músicos sob a batuta de Sérgio Genovêncio, da 23ª Vara Criminal, ex-Orquestra Voadora, e que agora é do time dos Embaixadores da Folia. Óbvio que ninguém é obrigado a comprar a camisa para participar da folia, que é completamente livre, como sempre.

Bloco da Ceguinha 2016
Pra nós, a crise… Eles, que pisem…
Autor: Manoel Gomes, o Audaz
Que crise é essa que só cai na nossa conta
Enquanto eles continuam a se esbaldar?
A mordomia dos togados nos afronta
É benefício que não para de jorrar
Quem tá na boa, ignora a tal da crise
Quem tá ferrado PIRA AÍ nessa questão
Ninguém aguenta mais viver nesse estado
Ninguém escapa da pisada do Pezão
Fora, Pezão!/Pezão: pisou, ferrou
Cadê o “impixe” desse tal Governador?
Pezão: pisou, ferrou
Pra ser ladrão, não tem diploma de doutor
(Tem que matar)
Tem que matar a nossa grande, imensa curiosidade:
Será que essa tal de crise é bipolar?
Aos poderosos, ela faz que não conhece
No nosso bolso, ela insiste em achacar
Sobra fortuna pra gastar em Olimpíadas
Nenhum aumento pro pobre trabalhador
Venha conosco no embalo da “Ceguinha”
Desafiando esse tal Governador (Fora, Pezão!)
Pezão: pisou, ferrou…
BLOCO DA CEGUINHA – QUARTA-FEIRA 03/02/16 18 HORAS em frente ao Boteco do Beco (Travessa do Paço, 10 – esquina com a rua São José, altura da ALERJ, no centro da cidade do Rio).
Anúncios