Na área, o Transversus 19

Posted on 04/04/2014

0



O jornal político-cultural Transversus lança seu 19º número, o primeiro de 2014. Logo de início, o leitor depara com um texto de Sandoval Brandão, criticando a telenovela “Amor à Vida”, que – apesar de mostrar um beijo gay – trouxe em si uma forte carga de reacionarismo.

Há artigos sobre três futebolistas históricos recentemente falecidos: o moçambicano Eusébio da Silva Ferreira, o carioca Nílton dos Santos (mais conhecido como Nílton Santos) e o uruguaio Pedro Rocha (Pedro Virgílio Rocha Franchetti). O articulista Jalmir Ribeiro apresenta um relato acerca da greve feita pelo Racing Santander, time da terceira divisão na Espanha. Ainda sobre temas futebolísticos, temos uma nota sobre o IV Campeonato de Botões do Centro Cultural Otávio Brandão. Transversus, neste número, volta a criticar a Copa no Brasil: num artigo bastante contundente, denuncia-se que o único legado a ser deixado pela FIFA para o país será mais sofrimento ao povo, afinal já foram sete trabalhadores mortos nas obras da Copa do Mundo.

Imagem

Indo ao samba, tema frequente do jornal, Jalmir Ribeiro lembra os 30 anos do Sambódromo (a conhecida Marquês de Sapucaí), cuja inauguração impulsionou a lamentável elitização do Carnaval carioca. Claudia Barros, por sua vez, escreve acerca do Bloco do Rabugento, que continua orgulhosamente popular, “sem patrão, dono ou documento”, a circular alegremente pelas ruas do bairro carioca Vila da Penha.

 

Nesta edição há dois textos da Frente Internacionalista dos Sem-Teto (FIST). Um denunciando atrocidades da ditadura militar e a pouca efetividade da Comissão da Verdade – apontada no artigo como “comissão da meia verdade”. O outro escrito é um chamado de solidariedade ao militante Jair Baiano, perseguido politicamente pelo governo e pela imprensa capitalista.

 

A “escriba anarquista” Alda Jefb denuncia o nefasto plano de demissão voluntária arquitetado pela Petrobras, já bastante conhecida pela prática de assédio moral contra suas funcionárias e funcionários. Noutra matéria, Alda volta à carga, desta vez garimpando na imprensa dados indicativos de que o ministro do STF Gilmar Mendes teria sido beneficiário de um mensalão operado pelo PSDB.

W.B., militante da Organização Popular, colabora com interessantes textos nesta edição: um artigo sobre o espetáculo teatral “Os Mamutes” (peça crítica à sociedade de consumo e à alienação), outro acerca do escritor libertário Lima Barreto, e ainda um terceiro sobre o escritor iconoclasta Antônio Fraga, cujos pais (anarquistas) se conheceram no Segundo Congresso Operário Brasileiro (1913).

 

Além de matérias assim variadas, a publicação ainda guarda espaço, em seus números, para muito mais. Poemas, contos, crônicas, tudo isso você também encontra no Transversus – um jornal sempre repleto de cultura e consciência crítica.

Imagem

Contatos: transversus.cs@gmail.com

 

 

 

Anúncios