[RJ] Professor é condenado por apoiar ocupação de sem-teto

Posted on 16/04/2012

0



Por Rafael Gomes

(jornal Nova Democracia)

O professor de História da rede estadual de educação do Rio de Janeiro, Filipe Proença, foi condenado por participar de um ato de apoio à Ocupação Sem-teto Guerreiros Urbanos, ocorrida em dezembro de 2010.

A ocupação foi violentamente despejada pela Polícia Militar resultando na prisão de 7 pessoas.

A condenação do professor Filipe é um claro sinal de tentativa de intimidação, por parte do Estado, às pessoas engajadas na luta popular, seja por moradia, seja contra as remoções, na cidade que será um dos palcos principais dos megaeventos da burguesia: Copa e olimpíadas.

Na mesma semana o advogado André de Paula, da Frente Internacionalista dos Sem-Teto (FIST), também foi condenado a pagar uma indenização de mais de mil reais. André é advogado de diversas ocupações de sem-teto no Rio de Janeiro.

Em breve entrará em vigor a tal “lei do terrorismo”, criada para o Rio+20 e a copa, que proibirá qualquer tipo de manifestação, qualificando-as em penas arbitrárias e absurdas.

Ainda há a aprovação da Lei Geral da Copa, no dia 28 de março, que, como o professor Fausto Arruda afirmou em seu artigo ‘Brasil sob intervenção da Fifa’,  só confirma a condição semicolonial de nosso país, cuja soberania “pra inglês ver” é desrespeitada até por uma organização mafiosa como esta (Fifa) que organiza o crime no esporte de alto rendimento a nível internacional.

Na próxima quinta-feira, 19 de abril, às 18 h, no IFCS da UFRJ (Largo do São Francisco, Centro) está sendo convocada uma reunião contra a criminalização dos movimentos populares onde também será discutida a condenação do professor Filipe Proença, que ainda pode ser recorrida.

Fonte: http://anovademocracia.com.br/blog/?p=3194

Anúncios